26 de jan de 2009

A Arca...

As mentes insanas sentem prazer na inquietude alheia

Nos dias de Noé - nove gerações haviam passado desde o Éden.
O jardim imaculado e o mundo puro que o cercava já tinham se tornado um poço de devassidão e pecado.
A violência, corrupção e libertinagem sexual não só eram comuns, como também tão predominantes que mal se faziam notar – exceto aos olhos pesarosos do próprio Criador, que resolve dar um basta com tudo como que ‘arrependido’ de ter criado esses portadores de Sua imagem.
Um musical infantil entitulado A Arca de Noé, escrito e produzido pelo 'poetinha' Vinícius de Moraes em parceria com Ernst Nahle e Toquinho contou essa história bíblica de uma forma muito bonita e poética que começava assim:

Sete em cores, de repente o arco-íris se desata
Na água límpida e contente do ribeirinho da mata...
O sol, ao véu transparente da chuva de ouro e de prata
Resplandece resplendente no céu, no chão, na cascata...
E abre-se a porta da Arca lentamente surgem francas
A alegria e as barbas brancas do prudente Patriarca...


Você já ouviu falar em Noé?
Pode ser que sim e pode ser que não.
Pode ser que você não acredite que houve dilúvio e que Noé é apenas uma figura lengendária.
O que você não pode é deixar de lado os valiosos fundamentos da tradição biblica, nestes por exemplo:

- Cuidado para não perder o 'barco' de sua vida
- Cada oportunidade pode ser única ao longo de toda a sua existência...
- Estamos todos na mesma embarcação
- Nossa sobrevivência depende muitas vezes da sobrevivência do outro
- Muitas vezes não podemos pressentir o que nos aguarda - aprenda a confiar em Deus!
- Planeje o futuro - não estava chovendo quando Noé construi a Arca!
- Mantenha-se em forma, em qualquer idade alguém pode lhe pedir para fazer algo realmente grande
Enquanto Noé construia a arca, todos zombavam dele por construir um barco no meio do Deserto...
- Não dê ouvidos aos críticos; faça o trabalho que precisa ser feito
- Construa seu futuro em terreno alto, para que olhando o horizonte você veja o infinito!
Todos com Noé entraram aos pares e isto nos permitem outras conclusões:
- Jesus de Nazaré nunca enviou ninguém sozinho
- A velocidade nem sempre é uma vantagem; os caramujos estavam à bordo com os leopardos
- Somos todos diferentes, mas a realidade é que somos essenciais uns para os outros e podemos chegar juntos - mesmo que as diferenças sejam gritantes.
- Quando estiver estressado e abatido - 'flutue' por um tempo!


E não menos poético e belo assim encerrava o musical a Arca de Noé:

Afinal, com muito custo, indo em fila, aos casais;
Uns com raiva, outros com susto, vão saindo os animais.
Os maiores vêm à frente trazendo a cabeça erguida.
E os fracos, humildemente, vêm atrás, como na vida.

Longe o arco-íris se esvai e desde que houve essa história,
Quando o véu da noite cai erguem-se os astros em glória.
Enchem o céu de seus caprichos em meio à noite calada.
Ouve-se a fala dos bichos na terra repovoada.

George Arribas
Posted by Picasa

Um comentário:

  1. Achei muito legal essa forma de explanação.
    Aproveitei para ler mais algumas publicações e gostei muito do jeito
    Tenho 32 anos e faz uns 4 anos que me afastei da igreja (NÂO DE DEUS) por causa de uma 'panelinha' de meia dúzia que vivam vigiado a vida do povo para ficar depois censurando e falando nos ouvidos. o nome que eu sei pra isso é julgar os outros
    Isso não é coisa de Deus aí preferi não frequentar mais.
    Moro numa cidade pequena aqui no interior de Goiás e fico sem opção. Se puder me ajudar???
    Essa arca parece com o barco que eu estava só que era cheia de picapaus
    Sérgio

    ResponderExcluir

Deixe aqui o seu comentário