12 de jan de 2009

Café com Poesia

Café com Poesia
Tão simples, quanto certo...
Eu estou morrendo "sozinha rumo à solidão"
Mas, enquanto respiro, digo:
sou grata pelo apreço que não mereço
e pela comida bendita
que me é oferecida
em cada porção graciosamente medida,
Hoje... neste único dia verdadeiro.
Gláucia Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário